Teatro: Leilão de uma alma (Versão Reduzida)

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Compartilhe esse artigo:
Um leiloeiro está em seu leilão vendendo algo muito valioso: Uma Alma. Mas quem dará o maior preço por ela? Esse também e uma adaptação minha, versão reduzida para pessoal que não tem muita facilidade para decorar textos.
 
Personagens:
Alma; Leiloeiro; Bebida; Sexo; Fama; Religião; Dinheiro; Morte e Jesus

Enredo: Todos sentados e o Leiloeiro mostra uma alma com um lençol branco e fala:

Leiloeiro: Nesse momento vamos começar o leilão dessa alma! Quem dará o maior lance?... E resgatar essa alma?

Enredo: A Bebida levanta e fala

Bebida: Eu!
Leiloeiro: Quem é você? E o que você pode dar por essa alma?
Bebida: Sou a Bebida! Ela não precisa se embriagar, só precisa beber sempre e os seus problemas acabarão! Afinal, beber socialmente não faz mal a ninguém.
Leiloeiro: Tem outro lance maior? Gente, essa alma e valiossíma, porque ela é a imagem e semelhança de Deus! Estão cientes do valor? Quem dá mais... Dou-lhe uma! Dou-lhe duas! Dou-lhe...

Enredo: A Droga levanta e fala

Drogas: Eu ofereço um lance maior!
Leiloeiro: Quem é você, garotinho? O que está fazendo no leilão mais conhecido e falado no mundo? Fale agora!
Drogas: Sou as Drogas. Comigo ela vai ficar de boa, fazer viagens coloridas, e pode escolher como: tomar um pico na veia, cheirar cocaína, um baseadinho, tomar comprimidos para dormir... E ela vai viver em paz... No mundo colorido.
Leiloeiro: Isso é muito bom! Mas, existe um lance ainda maior? Dou-lhe uma, dou-lhe duas!...

Enredo: O Sexo levanta e fala

Sexo: Eu! Eu quero dar felicidade á essa alma!
Leiloeiro: Nossa! Mas que mulher linda! Quem é você?
Sexo: Sou o Sexo! Posso dar todo o prazer que ela precisa... Ela vai desfrutar de todas as delicias e ter todos os homens e mulheres e será bem cobiçada e nunca vai ficar sozinha.
Leiloeiro: Quantas pessoas perderam famílias, prestígios, posições e até mesmo sua alma por você... Alguém tem um lance maior? Vou vender essa alma pro Sexo! Dou-lhe uma! Dou-lhe duas...

Enredo: A Fama levanta e fala

Fama: Eu compro!
Leiloeiro: Aparece mais um? Que bom! Quem é você meu jovem?
Fama: Sou a Fama, posso fazê-la conhecida no mundo inteiro será admirada e aplaudida por todos, e terá muitas glórias...
Leiloeiro: Será que isto vai preencher o vazio desta pobre alma solitária? Vamos gente! Quero saber se tem um lance maior, caso não será vendida pra Fama. Dou-lhe uma, dou-lhe duas...

Enredo: A Religião levanta e fala

Religião: Eu posso!
Leiloeiro: Há, Há! O leilão está ficando bom! Quem é você e o que tem a oferecer?
Religião: Sou a Religião. Ela pode optar entre as diversas formas em que eu me apresento como: “Cristianismo, Judaísmo...” Pode optar pela mais moderna: “A nova Era”, ou seja, cada um na sua todos na nova era. Afinal, todos levam a Deus, né?
Leiloeiro: Será que a Religião dará o alto preço? Quem oferece mais? Dou-lhe uma!...

Enredo: O Dinheiro levanta e fala

Dinheiro: Eu! Darei o maior lance de todos os tempos!
Leiloeiro: Quem você pensa que é?
Dinheiro: Sou o Dinheiro. Posso dar o maior preço! Tudo que ela quiser vai ter ouro, jóias, carros, homens, mulheres! Até você mesmo e todo mundo aqui. Porque “Eu Pago”!
Leiloeiro: Nossa, que tentação! Será que é o Dinheiro que vai comprar? Ainda existe um lance maior do que o Dinheiro?

Enredo: Começa o falatório até que de longe entra a Morte dando uma grande gargalhada.

Morte: Eu sou aquela que muitos temem em encontrar, demorei, mas cheguei! Há, há, há

Enredo: A Morte vira para platéia e fala

Morte: Senhores do leilão! Eu sou a Morte! Ouvir falar que tinha uma alma por aqui! E vim buscá-la! Há, há...
Leiloeiro: E o que você irá oferecer por ela?
Morte: Oferecer? Ora! O descanso eterno nas trevas eternas!

Enredo: A morte vira-se para alma e fala

Morte: Venha alminha, você irá passar comigo umas excelentes férias!
Leiloeiro: Espere aí, você não pode levá-la, isso aqui é um leilão, Pare!

Enredo: Começa o falatório e todos começam abafar a alma e ela acaba gritando e começa a chorar e a Morte fala

Morte: Vocês não sabem que não podem me vencer! Por acaso existe alguém mais forte do que eu?
Jesus: Eu compro está alma. Eu venci a Morte!
Leiloeiro: Nossa! Que homem poderoso! Quem és Tu? E o que tens a oferecer?
Jesus: Eu sou Jesus Cristo!

Enredo: Quando fala Jesus, a morte sai correndo gritando maldição e todos caem no chão menos o Leiloeiro.

Jesus: É por essa alma que eu já paguei um alto preço! Por ela, deixei minha gloria nos céus, e fiz-me homem e habitei no meio de vocês. Muitos não me entenderam, e me maltrataram, rejeitaram-me, cravando-me numa cruz. Mas eu venci a Morte e ressuscitei para perdoar aqueles quem crer em mim e se arrepende de seus pecados. Pois eu vim para dar vida e vida com abundância.
Leiloeiro: Realmente foi pago o alto preço. Senhor, Tu conseguiste comprar está alma e também a minha.

SUGESTÃO: NO FINAL O LEILOEIRO CANTA A MÚSICA "CANÇÃO DO APOCALPSE - DIANTE DO TRONO" ORANDO E EXPLICANDO A MORAL DO TEATRO.
Obrigado por nos visitar! Gostou do nosso artigo?
Deixe seu comentário sobre esse artigo, opine, debata, esse é seu espaço!

3 comentários:

Anônimo disse...

maravilhoso, esse teatro é uma otima reflexao nos dias de hoje. na minha igreja ja teve esse teatro

Anônimo disse...

muitoo bom esse teatro bom mesmo.... tambem gostei do site muiiitoo bom... Deus abençoe sempre quem criou... ja fiz ele tambem foi muito emocionante.

Anônimo disse...

MUITO BOM ME AJUDOU MUITO PARABENS UM OTIMO TRABALHO SEU !!

MISLAINE

Postar um comentário